PRODUÇÃO ENXUTA: COMO APLICÁ-LA E OBTER RESULTADOS INCRÍVEIS

 

Produção enxuta é o termo dado às práticas que tornaram a Toyota – uma empresa japonesa falida – em uma potência mundial. Mais simples do que parece, consiste em otimizar sua produção – fazer mais com menos.

Foi assim no Japão da década de 50. A Toyota viu, nessa filosofia de gestão, a saída da crise em que se encontrava, podendo manter produtos de qualidade acima do mercado, mesmo com custos minimizados; ou seja, aumentando sua taxa de lucro.

Nesse sentido, os resultados incriveis do Sistema Toyota de Produção inspiraram o mundo inteiro a deixar antigos hábitos para trás. Mais tarde conhecida como Lean Manufacturing, a produção enxuta não perde espaço na atualidade.

 

Produção enxuta e produção em massa: qual a diferença?

A produção enxuta, em contraste ao sistema de produção em massa, surgiu na necessidade. Dessa maneira, em um país devastado pela segunda guerra mundial, a filosofia de gestão em massa não se sustentava. Portanto, deu espaço à Manufatura Enxuta.

Além disso, a produção enxuta é o ato de produzir visando à eliminação dos desperdícios, enquanto a produção em massa se limita à produção em grande escala de produtos padronizados. Em outras palavras, produzir exatamente o que o cliente quer, na quantidade necessária e no momento apropriado (Just In Time) é o conceito base da produção enxuta.

A sua aplicação na Toyota, em meados dos anos 50, e a consequente escalada de sucesso da empresa no mercado mundial, surpreenderam a todos: uma mudança radical que culminou na crise do sistema de produção em massa nas décadas seguintes.

 

Produção enxuta: quais são as suas vantagens?

As vantagens de uma produção enxuta são inúmeras. Dentre elas, podemos destacar a grande vantagem de que, ao reduzir desperdícios, reduzimos o custo de produção e, consequentemente, aumentamos a taxa de lucro sem sequer mexer no preço.

Assim, por meio de práticas de produção enxuta, as empresas se organizam de forma a identificar com mais facilidade “gargalos” de produção, eliminando desperdícios – tanto em tempo ou em matéria-prima. Como resultado, aumenta sua produtividade, sem que seja necessário gastar mais.

Segue as principais vantagens:

 

Você sabe como a produção enxuta pode ser implementada?
Agora que você já sabe das vantagens, creio que já está pensando em como aplicar a produção enxuta no seu negócio. Não se preocupe, é mais fácil do que parece.

Para aplicar os conceitos da produção enxuta na sua empresa, siga estas 5 dicas:

  1. Arrume a casa: explicite as necessidades do seu cliente e concentre esforços para resolvê-las.

  2. Agregue valor ao seu produto: quais processos são essenciais para resolver o problema do seu cliente? Não se prenda a burocracias e hábitos que não geram valor, foque no que importa!

  3. A ordem importa: sequencie tais processos para otimizar, de forma natural, sua própria execução.

  4. Evite estoques: produza o que for preciso, quando for preciso.

  5. O bom é inimigo do ótimo: busque sempre por melhorias contínuas para atingir a excelência!

 

As boas práticas dessa filosofia trazem resultados evidentes, que refletem diretamente na vida financeira da empresa. Ainda mais, contamos com o suporte de diversas ferramentas para auxiliar e facilitar sua implementação.

 

Produção enxuta: 5 principais ferramentas envolvidas

Fique calmo, você não está sozinho. Existem diversas ferramentas que te auxiliam a otimizar sua linha de produção, as quais facilitarão o seu trabalho e te ajudarão a ter um enorme controle sobre o seu negócio.

Seguindo o raciocínio da produção enxuta, as ferramentas aqui listadas, aplicadas ao seu sistema de administração, aumentam a qualidade do produto. Além disso, reduzem o estoque desnecessário e reduzem o Lead Time dos processos: em suma, reduzem ou quase eliminam eventuais desperdícios. 

  1. Manutenção preventiva:

  2. Erros são comuns quando se trata de humanos operando – muitas vezes, são inevitáveis. Contudo, o desperdício gerado é incalculável, e o retrabalho de corrigir erros pode levar mais tempo do que produzir um novo, assim como o seu custo se eleva. Tudo isso pode ser evitado, contudo, se atuarmos não na correção, mas na prevenção. Nessa direção, os “Poka-Yokes” são ferramentas preventivas, que impossibilitam falhas humanas, criando então um sistema quase perfeito.

  3. Mapeamento de fluxo de valor:

  4. Criar um fluxo é importante. Dessa forma, descreva detalhadamente, de forma simples e clara, como a produção deveria operar. Além disso, um fluxo de informações e um fluxo de materiais são a base para apresentações de melhoria, sempre visando ao maior valor agregado ao produto. Leia também nosso conteúdo sobre Mapeamento de Processos!

  5. Padronização:

  6. Para que uma operação trabalhe de forma eficiente, a padronização é primordial, e a falta dela pode trazer diversos prejuízos, tanto econômicos quanto de desempenho. Nesse sentido, a padronização de processos é quase que a definição de Produção Enxuta, pois envolve a otimização do tempo, material e padrão de qualidade.

  7. Melhoria contínua:

  8. É a essência da administração japonesa, que levou os japoneses ao mais alto prestígio do setor industrial. O termo “Kaizen” traz a ideia de melhoria contínua, mudar sempre para melhor. Além disso, no âmbito empresarial, essa mentalidade nos permite diminuir despesas e aumentar a produtividade.

  9. Gestão à vista:

  10. Chegamos a outro termo japonês, dessa vez o Kanban. O kanban nasceu no Japão, dentro da ideologia de produção enxuta, como um método de gestão visual, sabendo que é muito mais fácil tomar decisões e agir sobre um determinado processo se você sabe o que está acontecendo em todos os momentos da sua linha de produção. Dessa maneira, a gestão visual é justamente isso: ter controle da situação. 

 

Essas são apenas algumas das ferramentas mais úteis e eficazes para a aplicação da metodologia enxuta. Isso quer dizer que existem muitas outras – inclusive mais conhecidas – que podem agregar muito valor à sua empresa, como, por exemplo a metodologia 5S, já muito renomada no mercado.

Portanto, lembre-se de que a filosofia de gestão enxuta é muito adaptável a todos os ramos de empreendimento, e sempre é possível aplicá-la. Dessa forma, se você quer saber mais sobre produção enxuta, acompanhe nosso blog.

Baixe agora mesmo nossa planilha de produção enxuta e otimize seu planejamento.

EPR Consultoria