COMO ACABAR COM O ATRASO NA ENTREGA DE PEDIDOS

O cumprimento do prazo de entrega é um dos principais fatores para criar ou fortalecer a imagem de credibilidade de uma empresa. Há sempre a expectativa da contratante de que tudo aconteça conforme o combinado.

Os problemas que geram atrasos no prazo final nem sempre são compreendidos, causando desconforto entre as partes e, em casos mais graves, multas e rescisões contratuais.

Por isso, um cronograma realista e boas práticas de produção são essenciais para o seu negócio conquistar a confiança dos clientes e, consequentemente, alcançar o sucesso. O planejamento e o monitoramento de falhas são atitudes-chave para a assiduidade, saiba como fazer uso deles:

 

Planejamento do processo

Um dos passos mais importantes é conhecer e aplicar o PCP (Planejamento e Controle de Produção). O PCP facilita e integra a gestão de inúmeras atividades e setores, abrangendo recursos materiais e humanos para obter melhores resultados. Seguindo, de modo geral, as seguintes fases:

 

Previsão da demanda ou de vendas

Etapa inicial em que as equipes comerciais e de produção devem estar alinhadas, considerando dados históricos, tendências futuras e fatores que podem impactar no volume de vendas: alterações meteorológicas, cenário político, mudança de impostos, inflação, ações dos concorrentes, etc.

A previsão da demanda, embora não seja exata e perfeita, deve ser realizada para utilizar o maquinário de modo eficiente, para fazer a reposição dos materiais adequadamente e para que todas as atividades do processo industrial possam ser programadas.

Assim, os gerentes de produção poderão dimensionar os recursos humanos e materiais necessários para suprir a demanda.

 

Planejamento de capacidade da produção

Com a demanda clara, é possível planejar a forma que a empresa poderá atender ao pedido. É preciso considerar a capacidade disponível, que é o nível máximo de produção dentro dos horários de trabalho realistas dos colaboradores, com base no equipamento existente.

O planejamento da capacidade da produção determina a necessidade de aumento ou redução da capacidade atual para atender a demanda no médio e longo prazo.

 

Planejamento agregado da produção

O planejamento agregado e? importante para conciliar a capacidade produtiva, relativamente constante, a? demanda, que pode apresentar sazonalidade.

O seu objetivo é complementar a análise da capacidade de produção, considerando outros pontos como as decisões de volume e estoques mensais, gestão da equipe (contratação, demissões, horas-extras, terceirizações) e logística.  Geralmente, o planejamento agregado é pensado de forma anual com revisão mensal dos planos.

Neste nível, as informações de demanda e capacidades são agregadas para melhorar a análise e tomada de decisão.

 

Planejamento mestre da produção

Esse tipo de planejamento objetiva a definição dos recursos, máquinas e matérias-primas necessários para uma demanda específica, geralmente, a curto prazo.

Nessa fase, a definição dos itens e quantidades de produção e estoques possui um grau de detalhamento superior ao do planejamento agregado.

 

Planejamento de materiais

Para suprir as necessidades de produção, é feito o detalhamento das quantidades de cada material.

O planejamento de materiais deve ser integrado ao controle de estoque para evitar perda de produtos, liberar espaço de armazenamento e gerar fluxo financeiro.

 

Planejamento e controle da capacidade

O controle identifica o tempo necessário, percebe gargalos e indica as modificações necessárias para correção de problemas, afim de cumprir o máximo do que foi planejado.

O grande desafio do PCP é equilibrar os interesses das diferentes áreas envolvidas, pois o setor de vendas deseja dinamicidade para responder rapidamente ao mercado e a produção prefere uma programação mais estável para garantir qualidade.

O Planejamento e Controle de Produção é uma metodologia relevante para quem busca excelência na fabricação de produtos e deseja aumentar a lucratividade da empresa.

 

 

E se a entrega for antecipada?

Uma estratégia diferenciada, para nivelar a produção, é entregar o produto no período de baixa demanda, antes do previsto.

Essa possibilidade de antecipação é especialmente interessante para produtos sazonais, com vendas mais acentuadas no verão ou no inverno, por exemplo.

Para se ter uma ideia, é possível oferecer o produto na “baixa temporada de vendas” com alguma vantagem como o prazo de pagamento estendido.

A entrega antecipada é vantajosa para os revendedores, que terão o produto em mãos quando houver procura e também para o fabricante, que consegue usar de forma mais equilibrada a capacidade de produção e reduz o custo de armazenamento.

.

Identificação e correção de erros

O atraso no prazo de entrega pode ocorrer por diferentes razões no universo industrial. Por isso, os gerentes de produção precisam tomar decisões estratégicas com rapidez e eficiência para evitar prejuízos à empresa.

Conheça os erros mais comuns e esteja preparado para corrigir esses problemas:

Aquisições inadequadas

As possibilidades para quem não planeja corretamente a compra de materiais são igualmente negativas: sobra ou escassez.

Um estoque demasiado significa dinheiro retido ou ainda custos extras com armazenamento e perda de produto, em casos de materiais perecíveis.

A falta de matéria-prima impacta na cadeia produtiva e pode atrasar consideravelmente o prazo de entrega final. Sempre certifique se as compras estão bem alinhadas às necessidades.

 

Setores desconectados

Um dos princípios básicos para atingir qualquer objetivo coletivo é a comunicação constante e esclarecimento de propósito.

As áreas comercial, produtiva e de compras precisam de uma forte conexão para que os resultados sejam positivos para todos.

 

Dificuldade de análise

Os históricos e os dados gerados a partir de cada processo de produção são informações valiosas para atitudes efetivas. Muitas empresas não têm suporte tecnológico ou cultura de monitoramento para fazer uso dessa expertise.

O ideal é procurar investir em uma solução tecnológica adequada.

 

Problemas operacionais

É essencial ter um diagnóstico completo para avaliar a produtividade da empresa e verificar fatores que interferem nos resultados, a exemplo da estrutura do ambiente, maquinário e gestão dos setores.

Com uma análise ampla, é possível tomar decisões relevantes que contribuirão para o cumprimento de todos os prazos estabelecidos e crescimento do negócio.

 

Quer otimizar os seus processos para cumprir os prazos com maestria?

Então, consulte a EPR Consultoria: (51) 3308 4421 | epr@eprconsultoria.com.br