PREVISÃO DE DEMANDA: O QUE É E COMO FAZER EM 7 PASSOS

Tempo de Leitura: 5 minutos

Compartilhe

O que você vai aprender

Na dinâmica acelerada das empresas modernas, a importância da previsão de demanda torna-se cada vez mais crucial para a tomada de decisões estratégicas. Em um ambiente de negócios caracterizado por mudanças rápidas nas exigências do consumidor, avanços tecnológicos e crescente concorrência, a habilidade de antecipar as necessidades do mercado confere uma vantagem competitiva significativa. 

Dessa forma, neste texto exploraremos sua importância, apresentaremos um guia de sete passos para implementá-la em sua empresa e discutiremos recursos úteis.

O que é previsão de demanda?

A previsão de demanda consiste em estimar qual será a demanda de um negócio a fim de auxiliar gestores e empreendedores a colherem informações sobre o mercado em que atuam, bem como do seu público alvo. Trata-se de uma projeção que oferece às empresas uma visão panorâmica das potenciais demandas, permitindo uma preparação mais precisa e eficiente. Ela pode ser realizada utilizando uma variedade de métodos, desde abordagens quantitativas, que se baseiam em dados históricos e modelos estatísticos, até métodos qualitativos, que incorporam insights subjetivos, opiniões de especialistas e fatores não quantificáveis.

Ao antecipar as variações na procura, as empresas podem tomar decisões mais informadas, adaptando suas estratégias de negócios para atender às variações do mercado de forma eficaz.

A importância da previsão de demanda na gestão de estoque

A gestão eficaz de estoque é um dos pontos chave que garante o sucesso de um negócio, e esse fator está diretamente ligado à previsão de demanda. A capacidade de antecipar as variações na procura permite que as empresas mantenham níveis de estoque adequados, evitando excessos ou escassez. Isso resulta em redução de custos de armazenamento, menor obsolescência de produtos e, consequentemente, maior rentabilidade. 

Além disso, a previsão de demanda contribui para a maximização da satisfação do cliente, garantindo a disponibilidade dos produtos quando são procurados. Abaixo estão alguns benefícios que a previsão de demanda pode trazer para uma empresa e seu estoque:

Evitar Excesso ou Escassez de Estoque: 

Uma previsão precisa permite que as empresas ajustem seus níveis de estoque de acordo com a demanda esperada. Se a previsão indicar um aumento na procura por determinado produto, a empresa pode aumentar os níveis de estoque para evitar a escassez. Por outro lado, se a demanda deve diminuir, é possível reduzir os estoques para evitar excessos e minimizar custos de armazenamento. 

Otimização dos Custos de Armazenamento:

Armazenar produtos por longos períodos pode resultar em custos adicionais, como espaço de armazenamento, seguros e possíveis obsolescências. Com uma previsão precisa, as empresas podem manter níveis de estoque que atendam à demanda, evitando gastos desnecessários.

Melhoria na Eficiência Operacional:

Conhecendo antecipadamente a demanda esperada, as empresas podem planejar suas operações de produção e distribuição de maneira mais eficiente, programando-a de acordo com as necessidades reais do mercado.

Satisfação do Cliente: 

Manter níveis adequados de estoque com base na previsão de demanda contribui para a satisfação do cliente. Quando os produtos estão prontamente disponíveis, os clientes são atendidos de forma eficaz, evitando situações de ruptura de estoque que poderiam resultar em perda de vendas e insatisfação dos consumidores.

Métodos e técnicas de previsão de demanda

Implementar métodos de previsão de demanda em uma empresa envolve uma abordagem estruturada e a seleção de técnicas adequadas ao contexto específico da organização. 

Existem 2 tipos gerais de técnicas de previsão de demanda, cada uma com suas vantagens e adequações a diferentes contextos, especialistas, pesquisas de mercado e estimativas das equipes de vendas.

Os Métodos Quantitativos incluem o método causal e a análise de séries temporais. E os Métodos Qualitativos incluem opinião de especialistas e consumidores e análise de cenários.

 Abaixo, apresentamos três métodos comumente utilizados:

Coleta de Dados:

Para introduzir a previsão de demanda em uma empresa, é necessário primeiramente coletar os dados históricos da organização para entender o perfil dos seus clientes e do mercado. Alguns dados históricos relevantes são:, vendas, sazonalidades, fatores climáticos, eventos promocionais e outros que possam impactar a demanda. Utilize sistemas de gestão, registros de vendas e outras fontes confiáveis.

Séries Temporais:

São conjuntos de dados ordenados cronologicamente, geralmente coletados em intervalos regulares ao longo do tempo. Exemplos: vendas mensais, dados financeiros diários ou registros climáticos anuais. As séries temporais são um método valioso na previsão de demanda, especialmente quando se trata de produtos ou serviços cuja procura é influenciada por padrões temporais e sazonalidades. Essa abordagem utiliza dados históricos para identificar padrões e tendências, permitindo às empresas antecipar o comportamento futuro da demanda.

Além disso, a verificação das séries temporais é importante para organizar os estoques, pois utiliza dos próprios recursos da melhor forma e planeja como produzir de maneira eficiente. Dessa maneira, as organizações podem tomar decisões mais informadas e ajustar as suas operações para atender as demandas variáveis do mercado. 

Entrevistas com Clientes e Stakeholders:

Entrevistar clientes é uma ferramenta valiosa e direta para a previsão de demanda, permitindo que as empresas obtenham informações qualitativas valiosas diretamente da fonte. Ao engajar-se com os consumidores de forma estruturada, as organizações podem capturar insights cruciais sobre necessidades futuras, preferências e expectativas. 

Implementando a previsão de demanda na sua empresa

A implementação eficaz da previsão de demanda é essencial para aprimorar a capacidade de uma empresa de antecipar as necessidades do mercado e otimizar suas operações. A sua aplicação requer uma abordagem flexível, adaptada às características específicas da empresa e do mercado em que atua. A combinação inteligente de métodos quantitativos e qualitativos, aliada a uma abordagem proativa de ajustes e atualizações, contribuirá para previsões mais precisas e uma gestão eficaz da sua empresa.

A seguir, apresentamos um roteiro estratégico com 7 passos práticos para aplicar a previsão de demanda de maneira bem-sucedida em uma organização:

Coleta de Dados:

Comece reunindo informações do passado, abrangendo aspectos como registros de vendas, padrões sazonais, influências climáticas, eventos promocionais e outros elementos capazes de influenciar a procura. Essa coleta fornece a base essencial para análises futuras.

Escolha de Métodos Quantitativos:

Selecione métodos quantitativos adequados às características dos dados e à natureza do produto ou serviço. Métodos como séries temporais, modelos de regressão ou suavização exponencial podem ser escolhas apropriadas. 

Escolha de Métodos Qualitativos: 

Integre métodos qualitativos, especialmente se houver falta de dados históricos ou mudanças significativas no ambiente de mercado. Entrevistas com especialistas, pesquisas de mercado e análises de feedback dos clientes podem ser valiosas.

Desenvolvimento de Modelos: 

Aplique modelos específicos para a previsão de demanda, levando em consideração os métodos escolhidos. Utilize ferramentas estatísticas ou softwares especializados para criar modelos precisos e robustos.

Integração de Dados Externos:

Considere a inclusão de dados externos relevantes, como tendências econômicas, mudanças regulatórias ou eventos de mercado, que possam impactar a demanda.

Monitoramento Contínuo:

Estabeleça um processo de monitoramento contínuo para rastrear a precisão das previsões em comparação com os resultados reais. Isso permitirá ajustes proativos e melhorias contínuas.

Colaboração Interdepartamental: 

Fomente a colaboração entre diferentes departamentos, como vendas, marketing, produção e logística. A comunicação efetiva garante que todas as informações relevantes sejam consideradas nas previsões.

Conclusão

Dessa forma, a previsão de demanda emerge como uma ferramenta estratégica fundamental para empresas que buscam não apenas sobreviver, mas prosperar em ambientes de mercado dinâmicos. Ao estimar a demanda futura, as organizações podem não apenas antecipar variações nas necessidades do consumidor, mas também moldar suas operações de maneira eficaz, otimizando a gestão de estoques e, por conseguinte, aumentando a rentabilidade. 

Aplicando esse método em sua empresa e seguindo um roteiro estratégico bem elaborado, ela poderá não apenas enfrentar os desafios do mercado com confiança, mas também se posicionar para um crescimento consistente e duradouro.

Agora que você já sabe a importância da Previsão de Demanda, recomendamos que leia o nosso texto sobre Curva ABC  para aprofundar ainda mais seu conhecimento sobre gestão de estoque e conhecer uma das práticas mais eficazes nessa área.

 

URL List

voltar ao topo

Saiba mais